Classes de risco dos produtos perigosos

O transporte de produtos perigosos possui regulamentação estabelecida em legislação e critérios técnicos obedecendo às diretrizes da ONU (Organização das Nações Unidas). Seguindo os critérios técnicos internacionais os produtos perigosos foram subdivididos 9 classes de risco e suas respectivas subclasses que definem o tipo e a intensidade do risco que o produto representa. Veremos neste artigo quais são as classes de risco e exemplos de aplicação de sua nomenclatura na rotina do transporte.

De acordo com a ONU, os produtos perigosos são classificados e possuem um rótulo de risco (painel retangular que identifica a classe de risco que o produto representa) conforme segue abaixo:

Classe 1 – Explosivos

1.1 - Substância e artigos com risco de explosão em massa.
1.2 - Substância e artigos com risco de projeção, mas sem risco de explosão em massa.
1.3 - Substâncias e artigos com risco de fogo e com pequeno risco de explosão ou de projeção, ou ambos, mas sem risco de explosão em massa.
1.4 - Substância e artigos que não apresentam risco significativo.
1.5 - Substâncias muito insensíveis, com risco de explosão em massa.
1.6 - Artigos extremamente insensíveis, sem risco de explosão em massa.

Classe 2 – Gases

2.1 - Gases inflamáveis: são gases que a 20°C e à pressão normal são inflamáveis.
2.2 - Gases não-inflamáveis, não tóxicos: são gases asfixiantes e oxidantes, que não se enquadrem em outra subclasse.
2.3 - Gases tóxicos: são gases tóxicos e corrosivos que constituam risco à saúde das pessoas.

Classe 3 – Líquidos inflamáveis

Líquidos inflamáveis: são líquidos, misturas de líquidos ou líquidos que contenham sólidos em solução ou suspensão, que produzam vapor inflamável a temperaturas de até 60,5°C.

Classe 4 – Sólidos inflamáveis

4.1 - Sólidos inflamáveis, Substâncias auto-reagentes e explosivos sólidos insensibilizados: sólidos que, em condições de transporte, sejam facilmente combustíveis, ou que, por atrito, possam causar fogo ou contribuir para tal.
4.2 - Substâncias sujeitas à combustão espontânea: substâncias sujeitas a aquecimento espontâneo em condições normais de transporte, ou a aquecimento em contato com o ar, podendo inflamar-se.
4.3 - Substâncias que, em contato com água, emitem gases inflamáveis: substâncias que por interação com água, podem tornar-se espontaneamente inflamáveis, ou liberar gases inflamáveis em quantidades perigosas.

Classe 5 – Substâncias oxidantes e Peróxidos orgânicos

5.1 - Substâncias oxidantes: são substâncias que podem causar a combustão de outros materiais ou contribuir para isso.
5.2 - Peróxidos orgânicos: são poderosos agentes oxidantes, periodicamente instáveis, podendo sofrer decomposição.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7

Pin It

Um comentário em “Classes de risco dos produtos perigosos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


3 + quatro =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>