A correta utilização do Tacógrafo

O Registrador Instantâneo e Inalterável de Velocidade e Tempo, ou conhecido popularmente como Tacógrafo, foi criado no século XIX, pelo alemão Max Maria Von Weber, sendo aplicado inicialmente para fiscalização dos condutores de trens.  O equipamento é empregado em veículos para registrar o tempo de viagem, distância percorrida e a velocidade desenvolvida para fins de controle e monitoramento de seus condutores. Além disto o equipamento é útil para que as empresas ou órgãos de fiscalização possam colher informações tais como, cumprimento de roteiros de viagem, itinerários, horários de saída e chegada, respeito aos limites de velocidade, tempos de condução e descanso, paradas não programadas e muitas outras.

No Brasil, sua obrigatoriedade foi estabelecida com o advento do CTB, em 1997, para determinados veículos de carga e de transporte de passageiros, como veremos adiante. O equipamento utiliza um disco-diagrama de papel carbonado para registrar as informações, sendo que cada disco pode registrar a informação de um dia, ou um período de tempo conforme a versão do aparelho. Em alguns aparelhos é utilizado um conjunto de discos que registram as informações em uma semana. Versões digitais e mais modernas destes aparelhos utilizam smart cards, ajudando a evitar adulterações nos registros.

Além de controlar a velocidade, o Tacógrafo é um importante instrumento de monitoramento e de racionalização do uso do veículo, que permitem identificar a maneira mais segura e mais econômica para operar determinado veículo, seja utilizado para transporte de cargas ou passageiros. No mercado existem dois tipos de Tacógrafos: o mecânico e o eletrônico. A escolha de uma versão ou outra vai depender do modelo e do ano de fabricação do caminhão. O eletrônico tem algumas vantagens que compensam o gasto inicial de instalação; o mecânico tem peças que se desgastam e precisam ser trocadas depois de algum tempo. Recentemente foi criado o equipamento digital, ainda pouco difundido no Brasil, que armazena informações em um cartão e imprimem as informações em fitas diagramas, tickets semelhantes aos encontrados em caixas de supermercado.

Obrigatoriedade do equipamento
O Tacógrafo é obrigatório, de acordo com o artigo 105 do CTB e as Resoluções 14/98 e 87/99 do CONTRAN, para os veículos elencados a seguir:

  • Transporte de escolares
  • Caminhões fabricados a partir de 1 de janeiro de 1991 e com PBT superior a 4536 kg
  • Caminhões, fabricados antes de 1 de janeiro de 1991, com CMT acima de 19 toneladas
  • Transporte de passageiros com mais de 10 lugares licenciados na categoria aluguel
  • Transporte de produtos perigosos

Os veículos que não se encaixem nas características citadas acima estão dispensados do uso do Tacógrafo.

Você Sabia?
Os veículos de transporte de escolares são obrigados a utilizarem o Tacógrafo. Quando da utilização do serviço, os pais que têm filhos transportados por este tipo de serviço, podem solicitar a disco diagrama para verificar se o condutor está dirigindo dentro da velocidade permitida

Como instalar o disco diagrama
A instalação do disco diagrama varia para cada tipo de equipamento utilizado. Os Tacógrafos podem ser eletrônicos, mecânicos e digitais, ou ainda podem variar quanto ao disco utilizado, sendo diário ou semanal. Os Tacógrafos eletrônicos abrigam, via de regra, discos semanais. E os digitais não possuem disco diagrama, sendo a aferição impressa em papel especial. Acompanhe abaixo os procedimentos para a colocação do disco diagrama.

Tacógrafo Diário
A colocação do disco diagrama diário obedece aos seguintes passos abaixo;

1.   Abra o equipamento com a chave localizada na parte superior

2.   Destrave o pino central (note que o pino é desenhado de forma que o disco diagrama se encaixe perfeitamente sobre o equipamento)

3.   Em posse do disco, observe que sua furação é oval, cuja posição se encaixa com o pino do equipamento.

4.   Colocado o disco, trave novamente o pino e feche o equipamento

Importante verificarmos o horário no Tacógrafo. Com o disco encaixado perfeitamente no equipamento, verifique se a guia, uma linha desenhada na borda do equipamento que serve para corrigir a hora, está consoante com o horário apontado no disco. Em caso negativo, corrija a hora, através de uma peça existente no bordo do tacógrafo.

Páginas: 1 2

Pin It

4 comentários em “A correta utilização do Tacógrafo

  1. É obrigatório o uso de tacógrafo em um veículo fabricado por exemplo no ano de 2006, cujo PBT é inferior a 4.536 kg, porém seu CMT é acima de 19 Ton ou seja 140 CV ??? Pois pelo o que há de entender que todos os veículos de carga com CMT acima de 19 Ton é obrigatório o uso de tacógraf o independente do ano e do PBT.

  2. Todos veículos com CMT acima de 19 toneladas devem possuir o Tacógrafo, independente do ano de fabricação. E aos veículos fabricados a partir de 1991, deverão possuir Tacógrafo desde que o PBT ultrapasse 4536 Kg.

  3. Sobre a Certificação do tacógrafo junto ao Inmetro ou entidades por ele credenciadas sofreu alguma prorrogação??

  4. jose roberto buzo 5 de julho de 2012 at 13:36 -

    boa tarde,

    Gostaria de saber, qual é a velocidade máxima permitida com o
    uso de tacógrafo para van e kombi com funcionários de n/
    construtora nas rodovias do estado de são paulo.
    uns falam 80 outros falam 100 e fico na dúvida

    QUERO ESTAR DENTRO DA LEI

    fico no aguardo
    obrigado
    Buzo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


× três = 6

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>